7 DICAS – CRIANÇA CELÍACA

Um artigo de 2011 da VEJA que teve como título “Doença celíaca mata 42.000 crianças por ano no mundo” me chocou muito. Você consegue imaginar que essa quantidade de crianças morrem por conta de uma doença hereditária e relativamente comum? Isso porque o diagnóstico é lento, a dificuldade de manter a dieta é grande e a conscientização mundial ainda não é completa (e pelo jeito está um pouco longe de ser).

Esses dados são de 2011, porém, ainda hoje vemos casos complicados decorrentes da doença celíaca nas crianças.

Mas os pais desses “mini – celíacos” podem tomar alguns cuidados especiais para que seus filhos possam ter uma vida normal e tranquila como qualquer outra criança.

Lu e Pai

Então, pais, vamos lá:

– Informe

É muito importante que você explique as necessidades e as restrições de seus filhos às pessoas a sua volta. Elas, normalmente, vão querer agradar seus filhos e, caso não saibam da condição deles, provavelmente irão oferecer doces e outras comidinhas proibidas.

Páscoa

– Converse

Na escola o assunto fica um pouco mais sério, pois é onde seu filho estará longe de seus olhos. Por isso, considero esse o ponto mais importante no crescimento de uma criança celíaca, que é conversar e explicar aos responsáveis da escola sobre todos os temas referentes à doença.

– Seja criativo

Mude a disposição da comida no prato, faça cenários, conte histórias, leve seus filhos a um piquenique, isso fará com que ele tome gosto pela comida.

Lu

– Experimente

Essa dica vai, especialmente, para os pais que não possuem a doença, porque de nada adianta você falar para seus filhos que determinado alimento é gostoso se você nunca o experimentou. Coma o que eles comem!

– Elimine o perigo

Uma casa com criança celíaca não deve ter n-a-d-a que possa contaminar os demais alimentos, ou que fique ao alcance dessas crianças.

Olha só o que pode acontecer:

– Cuide

Não é só nos alimentos que mora o perigo. Brinquedos, massinhas, bexigas, pasta de dente e qualquer outra coisa que possa entrar em contato com seus filhos deve ser bem pesquisada antes de ser levada para casa.

– Permaneça atento

Nunca pare de estudar, procurar, aprender e, principalmente, ensinar tudo o que aprendeu sobre a doença celíaca aos seus filhos. É imprescindível que eles cresçam entendendo a condição que possuem, sem acharem que é um bicho de 7 cabeças, ou o fim do mundo.

Tem crianças que já entendem bem o que é, e saem contando por aí, veja que bacana:

Lu 2

“Brincadeira de criança
Como é bom, como é bom
Guardo ainda na lembrança
Como é bom, como é bom
Paz, amor e esperança
Como é bom, como é bom”

(Brincadeira de Criança – Molejo)

Anúncios

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s