RESENHA: BOLO DE ROLO DO PERNAMBUCANO

BOLO DE ROLO

Ultimamente estou simplesmente a-m-a-n-d-o ler e fazer resenhas sobre produtos, tanto de beleza, como comidinhas. O mais legal, é que através das informações que tiramos disso, podemos escolher nossas com mais cautela, sem sair rasgando dinheiro por aí.

Então, hoje eu vim falar sobre o Bolo de Rolo do Pernambucano – Sem Glúten.

Vou sem bem sincera com vocês, antes de prová-lo, eu nunca tinha comido um bolo de rolo tão prático e gostoso na minha vida.

Prático, porque ele é mini, ou seja, vem em porção individual. Além de não ter aquele problema na hora de cortar e ele esfarelar (como acontece com algumas marcas), você pode levar na bolsa pra comer de lanchinho rápido durante o dia.

Gostoso demais, porque é macio e molhadinho. Todos os que eu já comprei tinham o recheio tradicional de goiabada, por isso não sei se existe de outros sabores.

E embalagem é super simples, o que eu adorei, pois dá a sensação de um alimento bem caseiro e caprichado.

A única dificuldade que eu tive foi encontrar para comprar. Não é todo lugar que você acha e até na internet não é muito fácil. Por isso, quando avistar em alguma loja, logo compre quantos puder, porque vale a pena!

bolo de rolo do pernambucano

Insira uma legenda

Não é PubliPost

Anúncios

4 comentários sobre “RESENHA: BOLO DE ROLO DO PERNAMBUCANO

  1. Lucas Lucena disse:

    Fiquei, até o mês retrasado, cuidando da minha mãe na cidade de Campos dos Goytacazes/RJ (ela teve o diagnóstico de um câncer SUPER agressivo) e acabou falecendo após 5 meses do diagnóstico – mas numa esquina abaixo da quadra onde fica o Hospital da Beneficência Portuguesa, de Campos (em que minha mãe foi cirurgiada) a minha sobrinha encontrou na “Padaria Real” esse bolo de rolo e levou um de presente pra mim (pois sou celíaco), para que eu experimentasse – uma vez é que tão raro encontrar opções (sobretudo em padarias!!) que sejam realmente “gluten free”. Mas ele é simplesmente maravilhoso! É exatamente como o texto descreve. E prático tb (sem falar no preço – que não é ABUSIVO – como a maioria das opções sem glúten ofertadas por aí – creio que que era uma diferença de 50 centavos para a opção tradicional, de trigo: R$ 2,50 com glúten e R$ 3 sem glúten). Só que, de fato, em nenhum outro lugar de Campos (acho que procurei em TODAS as bombonieres e mercados de lá) ou Macaé, eu consegui encontrá-lo de novo… Nem tampouco em Foz do Iguaçu/PR (onde morava – até junho/2017 – antes de largar meu curso de Medicina para ir socorrer presencialmente minha mãe), ou mesmo em São Paulo/SP – onde estou morando no momento… É uma pena que um produto tão diferenciado (e com esse potencial de sucesso) seja tão difícil de encontrar…

    Curtir

Deixe seu comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s